PRERROGATIVAS, UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA!

MATO GROSSO - 11ª SUBSEÇÃO DE COLÍDER

Newsletter


Ir para opção de Cancelamento

Agenda de Eventos

Outubro de 2023 | Ver mais
D S T Q Q S S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 # # # #

Artigo | mais artigos

Aposentadoria Especial para Lubrificadores: Seu Futuro Seguro!

Data: 06/09/2023 15:28

Autor: Bruna Aline De Andrade Rocha

imgUma grande dificuldade para os lubrificadores conseguirem uma aposentadoria adequada é provar que tiveram uma atividade especial, o que é feito através de um formulário chamado PPP.
 
Esse formulário tem regras específicas de preenchimento que podem ser confusas para os trabalhadores, e qualquer erro pode prejudicar a concessão da aposentadoria especial, que é um benefício importante para aqueles que trabalharam em condições prejudiciais à saúde.
 
Outro desafio é conseguir esse formulário de antigas empresas, que muitas vezes não existem mais. Uma solução é utilizar documentos de processos judiciais ou laudos emitidos por órgãos como o Ministério do Trabalho. Outra opção é usar laudos de empresas similares, desde que sejam validados pela justiça.
 
Enfrentar os desafios para comprovar a atividade especial do lubrificador é fundamental. Não superá-los pode resultar em uma aposentadoria com um valor insuficiente para garantir sua sobrevivência. A aposentadoria especial é uma proteção essencial para esses trabalhadores, que passaram suas vidas expostos a substâncias prejudiciais, encurtando seu tempo de trabalho e afetando sua saúde. Portanto, ao se retirar do mercado de trabalho mais cedo, é crucial que a aposentadoria esteja alinhada com suas necessidades financeiras.
 
Procurar um profissional especializado torna esse caminho mais acessível, pois enfrentar essa batalha por conta própria pode ser extremamente difícil. Os trabalhadores geralmente não têm o conhecimento técnico necessário para avaliar cada detalhe do formulário especial emitido pela empresa, conhecido como PPP, e também para lidar com as complexas exigências do INSS e da justiça.
 
Bruna Aline De Andrade Rocha
Advogada Especialista em Previdência Social
 
WhatsApp